Chicos about los chicos loja Get in Touch

George

FOTOGRAFIA: RODRIGO LADEIRA | CAPTAÇÃO VÍDEO: RODRIGO LADEIRA | TRADUÇÃO: TÚLIO BARNABÉ

26082015

Há dois meses, meu namorado disse que seu amigo inglês passaria alguns dias em sua casa. Confesso que sou um pouco ciumento e minha primeira reação foi sorrir sem gostar muito da ideia. No dia seguinte, ele chegou para me contar que conversou com o George sobre o ‘chicos’ e ele animaria participar. Talvez seja algo dos astros, mas tenho um pouco de dificuldade com novidades, então minha reação continuou sendo a mesma. Poucas semanas depois, caminhando na rua com ele, alguem grita ao longe “Túlio”. Vinha George, o amigo inglês, correndo. Sorri e fiquei um pouco confuso já que a conversa foi toda em português e eu esperava um forte sotaque britânico. Nos próximos dias, a cada novo encontro em um bar ou em casa, fomos conversando e pude ver o menino gentil que George era, alguem com tanta vontade de percorrer o mundo que até o tinha em sua pele. Em sua última noite em Belo Horizonte, George cozinhou para nós uma pasta que aprendeu na Itália e ficou nu na varanda do Túlio.

✗  A couple of months ago my boyfriend told me about a british friend coming over.  I admit that I felt a bit jealous but I kept a smile in my face for better reasons. At the next day, he told me that his friend George might agree to participate of ‘chicos’. It can be something from the stars or whatevs but I have a bit of trouble with some kind of news, so my reaction kept the same. A few weeks after, walking around with my bf, I hear someone shouting for his name: “Tulio”. And then George came by, his british friend. I was waiting for a strong accent, but what I heard was portuguese, slightly confusing. The next days, at each new talk in a bar or at home, I started to see how kind George was, someone with such a desire to see the whole world that had it on his skin. At his last day in Belo Horizonte, George made a pasta receipt that he learned in Italy and got naked at Tulio’s balcony.

George 01 copy

“Despite never taking my top off in public due to low body confidence, bitch just done a nude fashion shoot on a balcony in Brazil, so fuck you”, ele postou em seu facebook durante a pausa de alguns cliques. George tentava superar sua timidez e a felicidade instantânea de poder se libertar dessa maneira. Ao mesmo tempo, se questionava sobre a relevância que um menino branco britânico poderia ter. Expliquei para ele o que falamos para todos os ‘chicos’: Acreditamos que todos temos histórias para contar, todos temos experiências próprias que espelham uma época e a sociedade em que vivemos.

✗ “Despite never taking my top off in public due to low body confidence, bitch just done a nude fashion shoot on a balcony in Brazil, so fuck you”, were his words on facebook in between the pics taken. George tried to overcome his shyness and the sudden happiness of getting free in such way. At the same point he kept on questioning why would a story of a white british boy would be interesting, my answer was that we believe in all stories told, we all have stories to tell, and each experience reflect somehow the time and society that we live in.

George 06 copy copy

George 02 copy

 

George 03 copyssss

George 03 copy

Apesar de conversar com George em português, graças a algumas amigas portuguesas que o ensinou. Pedi para ele falar em inglês, acredito que ele se sentiria mais tranquilo e conseguiria se expressar melhor em sua própria lingua. Ele agradeceu e conseguiu contar tranquilamente suas histórias. George lembrou sobre o colégio, uma instituição apenas para garotos, e apesar de parecer tão distante da nossa realidade, ele teve experiências em que muitos de nós podemos nos enxergar.

✗  Despite talking with George only in Portuguese, due to some Portuguese friends that taught him, I asked him to speak only in English, as it would be more natural for him to express. He thanked and told me, peacefully, about his stories. George remembered about school, an institution only for boys, something so distant from our reality but that somehow we all could relate to.

George 07 copy

George 08 copy